QUEM SOU EU?

quem sou euÉ um projeto de criação do Teatro de Marionetas do Porto que surgiu da forte motivação para trabalhar com comunidades numa perspetiva de sensibilização artística e de inclusão social, com o apoio da Divisão Municipal de Desenvolvimento Social da Câmara Municipal do Porto. Após duas edições (2018 e 2020) foi criada uma forte aproximação à população e ao território da cidade mais desfavorecido, a zona oriental da cidade, através de um trabalho de criação que implicou os participantes de forma intensa e sensível.

Quem sou eu? É uma viagem de memórias das pessoas idosas, à procura do belo que há em cada um. Na sua terceira edição (2021) a Associação do Monte Pedral foi convidada a participar com alguns dos utentes da resposta social Centro de Dia que, num contexto de pandemia, refletem sobre os efeitos causados pelo “enclausuramento social forçado” da pessoa idosa.

A apresentação está marcada para o dia 7 de novembro de 2021 pelas 17:00 horas no Teatro Helena Sá e Costa, à Rua da Alegria, 503 / Rua da Escola Normal, 39 no Porto. Os colaboradores da instituição e os familiares e cuidadores dos utentes marcarão presença para mostrar aos avós (o) quem sou eu… quem somos nós afinal!

VEJA AQUI A FICHA TÉCNICA

COMUNICADO DA DIREÇÃO DE 30.09.2021

Caríssimos Utentes, Familiares, Cuidadores, Trabalhadores e Voluntários:

Como é do V/ conhecimento e tendo em conta a evolução da pandemia em Portugal e, sobretudo, do processo de vacinação, o Governo anunciou o avanço para a próxima fase do Plano de Levantamento Gradual das Restrições a partir de 1 de outubro próximo. Prevendo-se que mais de 85% da população portuguesa esteja completamente vacinada contra a Covid-19 –, foram anunciadas, ainda sem detalhe ou orientação da DGS, algumas medidas que podem ser consultadas em https://covid19estamoson.gov.pt/levantamento-de-restricoes-1-de-outubro/ .

Cientes dos riscos a que ainda estamos expostos, ouvidos os utentes, a Direção Técnica e a Direção Executiva das respostas sociais que desenvolvemos – não obstante a entrada em vigor desse levantamento ou a extinção de algumas restrições para a população em geral emanadas desse Plano –  entende a Direção manter preventivamente algumas das regras definidas no Plano Interno de Contingência bem como algumas das orientações divulgadas no Folheto Informativo em agosto de 2020 que foram deferidas pela Unidade de Saúde Pública da ACES Porto Oriental.

Assim sendo informamos que até ordem em contrário da Direção:

  • mantem-se obrigatório o uso de máscara facial no interior das instalações, nas deslocações em viaturas automóveis da instituição e nos contactos de proximidade;
  • mantem-se obrigatória a desinfeção regular das mãos;
  • sempre que possível manter o distanciamento físico;
  • o almoço é servido no refeitório às 12:00 e às 13:00 horas;
  • o habitual reforço alimentar vespertino – vulgarmente designado por lanche – é distribuído entre as 16:00 e as 16:30 horas em “take-away” para, posteriormente, ser consumido fora das instalações da instituição;
  • o centro de dia está em funcionamento entre as 09:00 horas e as 18:00 horas e o apoio domiciliário entre as 08:30 horas e as 17:30 horas;
  • não é permitida a permanência de familiares, cuidadores, amigos e “pessoas estranhas” nas instalações da instituição;
  • o acompanhamento dado aos utentes pelos colaboradores e voluntários no transporte de utentes e nas instalações é minimizado ao estritamente necessário para apoio à marcha;
  • mantem-se obrigatório o registo diário da temperatura corporal para os utilizadores das instalações;
  • mantem-se interdito trazer e consumir alimentos do exterior para as instalações;

Estas orientações e outras que eventualmente venham a ser dadas pela Direção tem como objetivo a manutenção das condições de higiene e segurança bem como de prevenção de eventuais contágios face á pandemia covid-19 que, ainda, estamos expostos.

A Direção

Paulo d’Almeida Santos | António Álvaro Leite de Melo | Joaquim Alves dos Santos | Luis Filipe Vasconcelos Moreira | Pedro Miguel Rodrigues Bravo

COMUNICADO

QUEM AJUDA E FAZ BEM – ASSOCIADOS HONORÁRIOS

soc honor

O Senhor António Agostinho Machado Ferreira da Silva é colaborador do monte pedral desde, pelo menos, 1988. Estando sempre disponível para ajudar e fazer bem de várias formas, designadamente como membro da Comissão de Culto e Obras da Capela do Monte Pedral intervindo em todas as atividades de angariação de fundos e, nos últimos anos, como associado, membro dos órgãos sociais e presidente do Conselho Fiscal desta Associação. Pessoa querida e respeitada, entendeu a Direção propor à Assembleia Geral – realizada a 31 de maio de 2021 – um voto de agradecimento e louvor e elevá-lo à condição de Associado Honorário, o que foi aprovado por unanimidade!

Junta-se, desta forma, aos atuais dois Associados Honorários da Instituição, Senhora Drª Rosália Grasiete Carneiro Fernandes Teixeira (aclamada em 2020) e Senhor Professor Doutor Francisco José Amorim de Carvalho Guerra (aclamado em 2015).